publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

Vereador Roberto Tourinho declara independência e dispara: 'Não me cobrem nada'

22 ago 2017

| 09:14h | Notícias
Vereador Roberto Tourinho declara independência e dispara: 'Não me cobrem nada'

Foi embasado em trechos bíblicos e frases marcantes de personalidades da literatura e da política mundial que o vereador Roberto Tourinho (PV) fez declarações, deu soveladas, indiretas e conselhos, durante discurso na Câmara Municipal, nesta segunda-feira (21). O pronunciamento aconteceu após eleição do novo presidente da Casa, o vereador José Carneiro (PSDB), e deixou claro que, a partir de agora, Tourinho segue o caminho independente. Até então da base do governo, o vereador pediu, segundo a colega Eremita Mota (PSDB), apoio ao prefeito José Ronaldo para candidatura à presidência e não obteve. O Acorda Cidade listou algumas das frases ditas por Tourinho em tom mágoa e ruptura:

“No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho. Tinha uma pedra. No meio do caminho tinha uma pedra. Nunca me esquecerei desse acontecimento. Na vida de minhas retinas tão fatigadas. Nunca me esquecerei que no meio do caminho tinha uma pedra”. Foi parafraseando Carlos Drummond de Andrade que o vereador iniciou o discurso.

“Um dia Abraham Licoln (ex-presidente americano) disse: ‘Estou grande demais para sorrir, grande demais para chorar e dolorido demais para sorrir’.

“Esse processo sem sombra de dúvidas deixou cicatrizes”.

“Há um princípio bíblico que diz: ‘A quem for dado mais, mais lhe será cobrado. A quem for dado menos, menos lhe será cobrado’. Quem tiver ouvidos para ouvir que ouça: não me cobrem nada”, enfatizou e repetiu o vereador, após revelar que entregou “os poucos” cargos que tinha no governo ao prefeito José Ronaldo.

“Há um outro princípio bíblico que admiro muito: ‘Muitos são chamados e poucos são escolhidos’. Meus colegas vereadores, já vi muito isso na minha vida: ‘O caminho do céu é longo, a porta é estreita, não passam todos’. Então tomem cuidado com o canto da sereia. Em um momento como este, muitos são chamados, mas poucos são os escolhidos.”

“Estou nessa Casa há sete mandatos não é por causa do deputado ‘a’, não é por causa de deputado ‘b’. Estou há sete mandatos nessa Casa não é pelo prefeito ‘a’, não é pelo prefeito ‘b’. Sou vereador em Feira de Santana dos meus amigos e daqueles que conhecem a minha história e ao longo dos anos sempre confiaram e votaram comigo.”

“Não vendo a minha alma, não delego poderes para o exercício do meu mandato. Respeito a todos.
“Vou concluir dizendo: Não me cobrem nada!”



Vídeos

Arquivo de Matérias



Publicidade

Fotos

Twitter

© 2009 - 2017. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.