Estudantes criam plicativo para orientar descarte de entulhos - Notícias - Quem Bahia
publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

Estudantes criam plicativo para orientar descarte de entulhos

11 mar 2018

| 08:04h | Notícias
Estudantes criam plicativo para orientar descarte de entulhos

Estudantes criam aplicativo para orientar descarte de entulhos e localizar terrenos baldios

Estudantes do curso de edificações do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Feira de Santana criaram um aplicativo com o intuito de ajudar a população feirense a fazer o descarte correto de entulhos e localizar terrenos baldios.

De acordo com a estudante Bruna Kruschewsky, o Ecoapp surgiu a partir de uma oficina de ideias do Senai. “Como o problema do descarte de resíduos da construção civil é muito constante, surgiu a ideia de um aplicativo que é algo mais fácil e acessível para as pessoas divulgarem os locais de descarte corretos”.

Ela explica que o aplicativo tem um espaço para o usuário fazer denúncias e também irá funcionar como se fosse um GPS. “Tem os pontos marcados no aplicativo, que vão direcionar as pessoas pra o lugar correto de fazer o descarte”.

O estudante Matheus Alves afirma que o aplicativo ainda não está em funcionamento. De acordo com ele, o grupo se reuniu com a Secretaria de Serviços Públicos do município, onde foram passadas outras ideias.

“A gente teve uma ideia principal e fomos conversar com a prefeitura, que nos deu outras ideias para que pudéssemos melhorar. A gente melhorou essas ideias pra colocar no aplicativo, que até então só tinha as coletas nos ecopontos e a gente viu também que um grande problema para a prefeitura e a gente poderia resolver seria a administração de terrenos baldios na cidade”, informou.

O Ecoapp estará inicialmente disponível para os telefones com sistema Android, através das lojas do Google Play, e futuramente deverá ser ampliado para IOS e Windows Phone.

“Os entulhos serão descartados em áreas construídas pela prefeitura, que serão os ecopontos, que terão, além da coleta seletiva, a coleta de entulhos, e ele vai mostrar ao usuário de como levar a coleta”, revelou Matheus Alves.

Roberta Medeiros, que faz parte do grupo de estudantes, esclareceu que para que os terrenos baldios sejam identificados, o usuário precisa se dirigir ao local, tirar fotos e mandar a localização pelo GPS do aplicativo, que irá salvar e enviar a denúncia para a Secretaria de Serviços Públicos.

E conforme Guilherme Rios, que também participou do desenvolvimento da ideia, destacou que o objetivo agora é buscar parceiros desenvolvedores para fazer com que o Ecoapp funcione.

“Gostaríamos de disseminar esse aplicativo por toda a cidade, a fim de que a cidade seja mais limpa e que todos fiquem cientes que o entulho tem o lugar certo pra ser descartado. A gente procura alguém que coloque a ideia do aplicativo pra frente, pois a gente não tem conhecimento de como fazer isso. Então a gente procura alguém que divulgue o aplicativo, bote pra rodar e dissemine pela cidade”, ressaltou, acrescentando que os telefones para contato com o grupo são 75. 9 9126-3113 ou 9 8206-5170.

 Acorda Cidade/Laiane Cruz



Vídeos

Arquivo de Matérias



Publicidade

Fotos

Twitter

© 2009 - 2018. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.