publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

Seinfra anuncia requalificação do Aeroporto de Feira

18 mai 2011

| 22:22h | Notícias

A secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra) desenvolve estudos para o Programa de Aeroportos, que prevê a adequação, ampliação, melhoria e revitalização da malha portuária do Estado da Bahia com o objetivo de dotar o estado de uma rede de aeroportos regionais de médio porte.Como a seleção dos aeroportos e municípios a serem contemplados com o Programa será baseada na distribuição estratégica no Estado, na densidade populacional, nas áreas econômicas, nas indicações previstas no PAEBA - Plano Aeroviário do Estado da Bahia - e nos pareces técnicos das vistorias realizadas nos locais, as obras vão chegar ao aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana, melhorando a estrutura do transporte aéreo no maior município do interior do estado.Com o propósito de desenvolver esses estudos, visto a grande expectativa da sociedade comercial e industrial feirense, o Governo do Estado, através da Seinfra, já contactou a entidade norte-americana USTDA (United State Trade Development Agency), que desenvolveu estudos para o Programa Aeroportuário do Estado de Minas Gerais. O consultor dessa entidade, Sr. Isaac Shafram realizará, junto com a equipe técnica, uma visita ao aeroporto no dia 30 de maio. A partir dessa visita serão definidas as estratégias para desenvolvimento do aeroporto da Princesa do Sertão, que será aperfeiçoado com obras de recuperação emergencial, melhoramento e balizamento noturno, por exemplo.A idéia do governo é fazer o mesmo em municípios com semelhante potencial aeroportuário, por isso, além das reformas, também acontecerá implantação de outros novos aeroportos.O deputado estadual Zé Neto (PT), líder do Governo e da Maioria na Assembleia Legislativa, que acompanhou e promoveu discussões no âmbito do Estado e do Município a respeito do tema, ressalta a necessidade de driblar a crise dos aeroportos.“Já que existem grupos interessados em terceirizar o aeroporto e empresas que fazem o transporte aéreo dizendo que, economicamente, não tem interesse em criar novas linhas na região, precisamos fazer um levantamento sobre a quantidade de passagens aéreas que são vendidas em Feira de Santana por dia, quais os destinos e começar a trabalhar, com a ajuda da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), sobre as linhas que podemos criar para atrair pequenas empresas”, explica.Ainda de acordo com o parlamentar, a regionalização do aeroporto influenciará positivamente não apenas a questão da mobilidade, mas na logística e na atração de investimentos para Feira e Região.“Feira aguarda por um aeroporto 100% ativo e podendo ser empregado como meio de logística no mapa de desenvolvimento econômico da Bahia. É isso o que queremos e é em função disso que estamos trabalhando. Vejo, neste momento, a oportunidade de colocarmos em prática anos de luta para a viabilização do aeroporto, que é sinônimo de progresso para a cidade e para a região”, concluiu o deputado. Autor: Assessoria de Imprensa



Revista

REVISTA QUEMBAHIA.COM

Arquivo de Matérias



Publicidade

Podcasts

Saiba tudo sobre o Mercado Imobiliário com Corretor de Imóveis Cezinha dos olhos D'água.

Minha Figura
00:00
Download

A Psicóloga Flavia Sampaio fala sobre Psicologia Positiva no Programa .

Minha Figura
00:00
Download
Ver todos os Podcasts

Fotos

Twitter

© 2009 - 2022. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.