publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

Dilson Barbosa é a “Personalidade da Comunicação 2010”

23 dez 2010

| 12:05h | Notícias

"Reconhecimento a sua importante contribuição à comunicação do Brasil". É o que consta na placa recebida pelo jornalista e radialista, e também advogado Dilson Barbosa, na noite de quarta-feira, 22, na JR Eventos. A entrega da distinção "Personalidade da Comunicação 2010" foi feita pela Associação Bahiana de Imprensa (ABI) Seccional Nordeste e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão de Feira de Santana (Sitrert), respectivamente pelos presidentes Jair Cezarinho e Valter Vieira.O espaço foi pequeno para conter os cerca de 100 convidados e o contentamento do homenageado, que revelou estar com o "coração transbordando de alegria". A platéia aplaudiu de pé quando ele foi chamado para receber a placa, também entregue pelo frei José Monteiro Sobrinho, diretor da Rádio Sociedade de Feira de Santana. Emocionado, Dilson disse mais que estava orgulhoso com a honraria, de "valor muito grande". Até considerou que outros profissionais mereciam o título com que foi distinguido e não ele, "mas jamais fugiria dessa homenagem".Ele é a segunda personalidade a receber a honraria da ABI e do Sitrert - a primeira foi o jornalista José Raimundo Carneiro. Em seu agradecimento contou sobre como entrou no rádio, "graças à Edmundo Carvalho (recentemente falecido) e através do esporte. Foi ele quem colocou um microfone em minhas mãos - lembrou até a data (1º de maio de 1966) - para transmitir jogo decisivo pelo Campeonato Feirense de Amadores, nas Baraúnas. Logo depois, na inauguração do Estádio Municipal (hoje Alberto Oliveira), transmissão do jogo entre Fluminense de Feira versus Vasco da Gama". Ele lembrou também que foi Edmundo Carvalho quem "batizou" o estádio de Jóia da Princesa. Contou que "Palito falou em Brinco de Ouro da Princesa, alertei sobre a existência do estádio do Guarani, de Campinas-SP, e chegou-se ao Jóia da Princesa, como é chamado até hoje".Sempre ressaltando seu amor pela radiofonia, disse que "aprendi muita coisa no rádio". Dilson também salientou o papel da família em sua trajetória, com o apoio recebido de "minha amada Angélica (Pedreira)", dos filhos André Campos (presente com a noiva Elânia de Oliveira) e Emerson Campos (ausente por motivo de saúde), bem como do enteado Fernando Moreira (acompanhado da noiva Fernanda Peixinho), que ele citou com Ana Paula Vidal como integrantes da "nova geração de jornalistas". Em sua fala ainda fez referência a veteranos do segmento, como Gildarte Ramos, José Nilton Ramos e Dimas Oliveira.Dilson Barbosa também recordou dos tempos em que os textos do rário eram enviados para o 35º Batalhão de Infantaria, onde eram censurados, e da sua participação em transmissões de oito Copas do Mundo pela Rádio Sociedade.Na apresentação da solenidade, que teve atuação de Ana Paula Vital, a exibição de clipe com testemunhos de colegas do rádio, como Fernando Henrique Chagas, Ana Paula Vital, Tanúrio Brito, Rogério Santana, Jorge Bianchi, Paulo José, Dilton Coutinho e Amaury Júnior.Blog Demais



Revista

REVISTA QUEMBAHIA.COM

Arquivo de Matérias



Publicidade

Podcasts

Saiba tudo sobre o Mercado Imobiliário com Corretor de Imóveis Cezinha dos olhos D'água.

Minha Figura
00:00
Download

A Psicóloga Flavia Sampaio fala sobre Psicologia Positiva no Programa .

Minha Figura
00:00
Download
Ver todos os Podcasts

Fotos

Twitter

© 2009 - 2021. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.