publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Notícias

ANTT promove reuniões sobre ferrovia Feira de Santana(BA)-Recife(PE).

02 jul 2013

| 05:14h | Notícias
ANTT promove reuniões sobre ferrovia Feira de Santana(BA)-Recife(PE).

O município de Feira de Santana integra projeto do Governo Federal de construção de uma ferrovia para o transporte de cargas, que ligará o estado da Bahia até a cidade de Ipojuca, em Pernambuco. Ele faz parte do Programa de Investimentos em Logísticas (PIL) e foi apresentado ao prefeito José Ronaldo de Carvalho, na tarde desta segunda-feira (01/07), durante reunião pública promovida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no Ibis Hotel.O trecho ferroviário integra o Plano de Investimento em Logística lançado pelo governo em agosto do ano passado. A ferrovia terá 893 Km de extensão, cortando 37 municípios nos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco.
 
O ponto de partida localiza-se em Feira de Santana, onde será instalado o pátio de interligação com o trecho ferroviário Belo Horizonte (MG)-Salvador (BA). Em Ipojuca (PE) os trilhos farão ligação com a Ferrovia Nordestina. A principal obra de arte desse trecho será a ponte sobre o rio São Francisco entre os estados de Sergipe e Alagoas, com extensão de 2.700 metros.
 
Na Bahia a ferrovia passará pelos municípios de Feira de Santana, Coração de Maria, Santanópolis, Irará, Ouriçangas, Aramari, Inhambupe, Crisópolis, Olindina, Itapicuru, Tobias Barreto, Poço Verde, Fátima, Adustina, Paripiranga, Coronel João Sá e Pedro Alexandre.
 
A ferrovia vai passar também pelos estados de Sergipe e Alagoas. Essa foi a primeira reunião  com vistas a debater as contribuições e informações acerca dos estudos preliminares que buscarão disciplinar as condições em que dará a concessão, à iniciativa privada, do trecho ferroviário compreendido entre Feira e Ipojuca. O próximo encontro será em Recife.
 
 
A reunião contou, ainda, com as presenças do diretor da Proferr Ferrovias, Cezar Dias, dos secretários municipais Antônio Carlos Borges Júnior (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico), Arsênio Oliveira (Convênios e Gestão) e Carlos Brito (Planejamento).
 
A engenheira civil da ANTT, Juliane Bortoleto, apresentou o projeto mostrando três opções de trajeto: o primeiro próximo ao litoral, o segundo intermediário e o terceiro mais interiorano. Ela afirmou que a terceira opção ganhou destaque por conta do menor custo. “Foram realizados diversos estudos para viabilidade do projeto, bem como seu impacto ambiental”, afirmou.
 
 
Juliane Bortoleto acrescentou que “o programa busca expandir a capacidade de malha ferroviária nacional, resgatar a ferrovia como alternativa de logística e reduzir os custos dos fretes”. Os investimentos serão na ordem de R$ 10 a R$ 12 bilhões.
 
O gestor municipal demonstrou interesse no projeto vislumbrando seus benefícios para cidade. “A Prefeitura Municipal está disponível para participar dos estudos do projeto verificando a melhor forma de viabilizá-lo”, assegurou.
 
 
O secretário de Desenvolvimento Econômico informou que será agendado um novo encontro para conhecimento mais amplo do projeto. “Vamos mostrar a nova realidade de Feira de Santana, que está em constante expansão da sua área urbana, bem como apresentar a logística do município”, observou.A proxima reunião será em Recife, a reunião do dia 03 de julho será entre 14h e 18h no Recife Praia Hotel, na Avenida Boa Viagem, nº 9 – Pina.
 
 
Autor/ Créditos: Gislaine Sena/ANTT/Jorge magalhães.
 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Quem bahia. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.



Arquivo de Matérias



Publicidade

Podcast

Festival de Sanfoneiros em Feira de Santana mostra a força do forró tradicional

00:00
Download

Fotos

Twitter

© 2009 - 2019. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.