publicidade
Blog Quem Bahia

Por João Mascarenhas

Esporte

Avaliação: representantes de todas as entidades garantem que Micareta acontece com tranquilidade

29 abr 2019

| 05:59h | Esporte
Avaliação: representantes de todas as entidades garantem que Micareta acontece com tranquilidade

Em sua terceira reunião avaliativa da micareta 2019, ocorrida no auditório do Instituto Estadual Gastão Guimarães (IEGG) neste domingo (28), todas as autoridades, sejam da segurança pública ou de órgãos administrativos da Prefeitura e do governo da Bahia, foram unânimes em informar que a maior festa popular de Feira de Santana acontece de forma tranquila. O prefeito Colbert Martins Filho e o secretário de cultura, esporte e lazer Edson Borges participaram da reunião.

 
 

O prefeito Colbert Martins Filho disse que a festa está sendo marcada pela boa participação popular e com baixa violência. "Se pudermos fazer melhor, que faça melhor. Ano que vem que seja ainda melhor" afirmou.

Na opinião do prefeito a micareta tem um componente econômico muito forte e os investimentos voltam para a cidade. Ele destacou também a divulgação da festa através da imprensa. "A cabeça pra mexer com a Micareta não é apenas a do prefeito. Todos nos podemos participar dessa ideia inclusive os meios de comunicação" disse Colbert Filho.

Responsável pela coordenação do setor de saúde da Prefeitura nesta micareta, José Pires Leal informou que pela quantidade de foliões que vem passando pelo circuito da festa, em torno de 350 mil, tem sido uma paz esses dias de micareta. "Super tranquila em relação a violência. Digo isso porque nossos dados diminuíram em torno de 50% a quantidade de ocorrências em relação a anos anteriores”, afirmou.

Ele informou que a unidade de saúde na micareta tem 24 leitos, sendo que um é pra pacientes graves e uma estrutura de ambulâncias convencionais e do Samu espalhadas no circuito, que, conforme afirmou, com a redução da violência esse estrutura não foi usada.

A coordenadora de estatística da Polícia Civil da Bahia, delegada Márcia Xavier confirma que o número de delitos nesta micareta está muito reduzido. "Não tivemos homicídio nem tentativa de homicídio e nem lesões corporais graves" garante. Segundo ela, houve um pequeno aumento do número de crimes contra o patrimônio na sua modalidade furtos e o objeto de desejo dos marginais foi o furto de celulares.

Sobre lesão corporal leve, Márcia Xavier disse que a redução foi de 57% e 100% de redução de rixa (briga entre pessoas) e crimes contra o patrimônio o aumento foi de 12, 3%, uma diferença de 65 casos em 2018 para 73 até este domingo.

O coordenador da 3ª Ciretran, Silvio Dias, disse que desde a semana passada a fiscalização de trânsito foi intensificada para dar segurança pública aos cidadãos. Ele informou que a PM junto com o Detran vem realizando blitz desde o final se semana passada. "Demos uma atenção especial a Lei Seca. A cada final de semana temos inúmeros acidentes deixando os hospitais cheios. Imagine se não intensificássemos essa fiscalização agora na micareta", salientou.

O Ministério Público por sua vez vem tendo uma atuação destacada na micareta. A promotora Idelzuith Freitas informou que o trabalho tem ação preventiva no circuito da festa com representantes de sua equipe e com a de órgãos auxiliares para garantir direitos aos cidadãos.

O delegado Roberto Leal, coordenador de polícia em Feira de Santana, agradeceu o apoio de seus colegas de Salvador e de várias cidades da Bahia que estiveram na cidade esses dias para acompanhar o planejamento da micareta. "Nossas equipes estiveram coesas e trabalhamos com policiais de forma velada principalmente de sábado para domingo e como resultado tivemos o aumento na apreensão de drogas em relação a 2018 e percebemos que o trabalho que foi feito preventivamente deu resultado", afirmou.

O secretário de comunicação rebate críticas sobre a micareta

O secretário de comunicação Valdomiro Silva, que também participou da última reunião avaliativa da micareta neste domingo, rebateu críticas de alguns órgãos de imprensa, que, segundo ele, teriam afirmado que a micareta 2019 tem sido um fracasso quanto a participação popular. "Às vezes se publica uma foto entre uma atração e outra com pouca gente e dizem que esse e o público da micareta. Tentando dizer que a festa está vazia. Isso é uma grande mentira. Uma grande farsa", afirmou.

Ele disse que também se mostra uma confusão no circuito da festa sendo que é um fato isolado e se dar a impressão que a micareta está violenta o que não e verdade, segundo ele.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Quem bahia. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.



Arquivo de Matérias



Publicidade

Podcast

Festival de Sanfoneiros em Feira de Santana mostra a força do forró tradicional

00:00
Download

Fotos

Twitter

© 2009 - 2019. QuemBahia.com - Todos os direitos reservados.     Painel administrativo.